Triumph – tradição britânica em motos

17 Flares Facebook 11 Twitter 3 Google+ 3 17 Flares ×

triumph-thunderbird
A Triumph Motorcycles Ltd. é a maior produtora de motos do Reino Unido e um desdobramento da original Triumph Engineering, criada em 1885 no mercado de bicicletas. No seu país de origem, a Triumph tem como principal rival a Norton, mas as duas companhias já chegaram se fundir por razões econômicas.

A história da Triumph

Fundada na cidade de Coventry por Siegfried Bettmann, imigrante alemão de Nuremberg, a empresa lidou exclusivamente com bicicletas de 1885 a 1902 em fábricas no Reino Unido e na Alemanha. Quando começou a produção de motos, a Triumph baseava-se em modelos de outras fabricantes até o ano de 1905, quando criou seu primeiro exemplar de design exclusivo.

A Triumph mandou modelos para auxiliar as forças Aliadas na Primeira Guerra Mundial, com mais de 30 mil motocicletas enviadas (entre elas a H Roadster, também conhecida como “Trusty Triumph” ou a “confiável Triumph”). Com a produção impulsionada pela guerra, a companhia ascendeu rapidamente e tornou-se a maior no Reino Unido já nos anos 20.

Prejudicada pela crise de 29 e posterior recessão econômica, a Triumph vendeu algumas partes de seu negócio (incluindo a porção alemã de Nuremberg). As dificuldades financeiras pressionaram o fundador, que deixou seu cargo completamente em 1933. Para completar, a unidade de produção em Coventry ficou completamente destruída graças a um ataque sofrido na Segunda Guerra Mundial. A produção foi reiniciada em Meriden, no ano de 1942.

Marlon-Brando-triumph-thunderbirdO pós-guerra trouxe bons ventos para a Triumph. Alguns modelos desenvolvidos antes do conflito passaram a fazer sucesso, principalmente nos Estados Unidos, no término da guerra. Na década de 50, a moto de 650 cc Thunderbird tomou o mercado de assalto. Alavancada por estratégias de publicidade como a aparição em um filme de Marlon Brando (“O Selvagem”, ou “The Wild One”, de 1953), a Thunderbird tornou-se um dos grandes sucessos da companhia.

Nos anos 60, a Triumph criou dois modelos de scooters, destinados principalmente ao público feminino: a Tina e a Tigress. Com o fim da década, ficou cada vez mais evidente que a demanda por motos aumentava, mas que a companhia não seria capaz de atendê-la completamente. A expansão das marcas japonesas tornou os produtos Triumph praticamente obsoletos e a empresa entra em declínio.

Expansão da marca

A solução veio de maneira inesperada: uma fusão com uma rival, a Norton, forma a NVT (Norton Villiers Triumph), que ajudou na manutenção das companhias até os anos 80. Em 1983, a Triumph passa por reformulação empresarial completa e ganha forças com novos padrões econômicos, fazendo frente às mesmas japonesas que ameaçaram sua existência no passado.

Desde então, a companhia cresce e se firma como a grande produtora inglesa do setor. Paralelamente, uma divisão da marca concentra-se em marketing e linhas de moda associadas com celebridades como Marlon Brando, Bob Dylan, Elvis Presley e Steve McQueen.

Em outubro de 2012, a Triumph começou sua operação no mercado brasileiro, com sede em São Paulo (SP). A empresa vai comercializar no mercado nacional motocicletas totalmente importadas e também modelos produzidos na nova fábrica de Manaus (AM). Acesse o site da marca e veja os modelos comercializados no Brasil.

 

17 Flares Facebook 11 Twitter 3 Google+ 3 17 Flares ×
final do post2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>